Walk to talk , você entrega o que promete?

No mundo corporativo, é importante construirmos um posicionamento que sempre agregue no desempenho de nosso trabalho. Isso inclui nossas ações, como lidamos com problemas e como desempenhamos nosso papel no campo profissional.

O que muitas vezes acontece, são palavras e ações necessárias que são somente ditas e nunca são colocadas em prática. Isso pode prejudicar sua imagem profissional e traz consequências negativas para a empresa.

Assim, é importante estar atento aos posicionamentos da liderança, da cultura empresarial e na gestão de seus processos internos para compreender se tudo é realmente colocado em prática.

Confira esse conteúdo onde explicamos sobre o “Walk the Talk” e a importância de tomar ação conforme o que é dito para melhorar seu desempenho e ajudar a empresa a se desenvolver. Leia mais abaixo!

O que é o Walk the Talk e seu peso nas empresas

A expressão americana “Walk the Talk” está relacionada ao “fazer o que é dito”, principalmente relacionada ao ambiente corporativo. Nessa área, mais importante que fazer discursos e pregar comportamentos e ações, é realmente colocar em prática tudo que é dito.

Os discursos e os planos de ação são importantes de serem compartilhados, já que direcionam as ações, garantem um planejamento assertivo e motivam as pessoas. Porém, o importante é garantir que as partes cumpram o que prometem ou se posicionem conforme o que é dito.

Dentro do negócio, é importante que as estratégias, metas e a cultura do negócio sejam claros e bem estabelecidos, com discussão aberta sobre os assuntos, além de análises e reflexões constantes para que isso esteja sendo praticado por líderes e colaboradores.

Walk the Talk entre os líderes na empresa

A liderança vai muito além de saber como gerenciar e acompanhar resultados, mas garantir que as coisas que são “pregadas” na empresa são realmente seguidas por todos, inclusive pelos próprios líderes, que são a base e o exemplo para o resto da equipe.

Com isso, é importante liderar e agir de forma que incentive o cumprimento do que é proposto começando pelas ações do líder. Isso envolve tanto fazer auto análises como observar o time para analisar seu desempenho e como essas coisas afetam o ambiente de trabalho e, consequentemente, os resultados do negócio.

Quando discursos e a cultura empresarial não são aplicados na prática, principalmente pelos líderes, geralmente é difícil garantir que o resto da equipe cumpra o que é proposto.

O resultado é queda de engajamento, perda de talentos internos e provavelmente afetará até seu faturamento, já que até os clientes podem ter problemas ao interagir com sua empresa, seja no atendimento ou na qualidade do produto e serviço.

Clientes e o Walk the Talk da empresa

Assim como internamente, a empresa deve se atentar para sua imagem perante os clientes, que têm se tornado cada mais exigentes e atentos ao posicionamento da empresa sobre um atendimento de qualidade, questões sociais, ambientais e em outros âmbitos.

Portanto, é importante alinhar os discursos realizados com o “walk the talk” realmente feito, cumprindo seu posicionamento de forma eficaz e proporcionando uma boa experiência com a marca em todas as áreas, seja durante a compra, após ela e na forma de encarar questões públicas sobre assuntos relevantes.

Sempre atente para cumprir o que é prometido, seja internamente, para garantir um clima organizacional e uma boa gestão de processos, como externamente, para cativar clientes e alcançar resultados promissores.

No que diz respeito ao atendimento, a gestão de processos internos e as sistematizações necessárias para garantir um fluxo de trabalho mais assertivo, conheça a Qualitor, uma empresa que oferece uma plataforma completa para gerenciar atendimentos de ponta a ponta e a centralização de diversos serviços.

Confira produtos completos nas áreas de Help Desk e Service Desk, SAC, Ouvidoria e CSC (Central de Serviços Compartilhados) e converse com um consultor para encontrar a solução personalizada ideal para seu negócio!

Share This
×