Conhecimento

Quer aumentar as vendas? Entenda o papel dos chatbots na prospecção e conversão de leads

Avatar
Escrito por Qualitor

Uma grande evolução no setor de atendimento ao consumidor das empresas aconteceu após a criação dos chatbots para o Marketing Digital. Nesse sentido, as ferramentas de automação possibilitam uma interação com os clientes a qualquer momento do dia, mesmo fora do horário comercial. Isso, obviamente, faz aumentar as vendas.

Além do contato mais rápido e eficiente, os chatbots também executam outros tipos de serviços, como obter informações sobre os visitantes do site, produtos mais procurados, hábitos dos clientes, entre outros aspectos que auxiliam no direcionamento da comunicação da marca.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar a você o papel dos chatbots na prospecção e conversão de leads e como eles ajudam a aumentar as vendas. Confira!

O que são e para que servem os chatbots?

Os chatbots nada mais são que bots (robôs) criados para conversas. Eles até conversam de maneira automatizada, porém utilizam uma linguagem natural, isto é, sem nenhum tipo de ajuda de um ser humano. Para tanto, basta que esse robô seja treinado.

Vale ressaltar que alguns deles fazem uso inclusive de inteligência artificial a fim de compreender as intenções do usuário de maneira mais precisa e responder às perguntas com naturalidade, ou seja, do jeito mais próximo possível das conversas com uma pessoa.

Assim sendo, os chatbots já são largamente utilizados em diversas áreas de conhecimento, como a medicina e a engenharia. Hoje, como dissemos, eles também já servem de recurso para automatizar a comunicação no atendimento entre empresas e clientes, o que possibilita escalar conversas nos mais diferentes segmentos de negócios, com os mais variados objetivos.

Por fim, os bots são capazes de automatizar tarefas repetitivas e burocráticas. Desse modo, deixam os profissionais com tempo livre para cuidar de contextos e problemas mais complicados.

Como os chatbots atuam para aumentar as vendas?

Visto que os chatbots são conduzidos pela Inteligência Artificial, eles acabam com qualquer possibilidade de erro humano, o que facilita o processo de conversão de leads. Devemos lembrar que essas ferramentas também são inteligentes, e, por isso, evoluem constantemente para não perder a eficiência.

Nesse sentido, os chatbots são capazes até de captar a emoção das pessoas com quem interagem. Assim, ajustam seu comportamento com base no perfil pré-determinado de cada cliente levando em consideração características como gênero, localização e idade.

É interessante observar que os chatbots conversam com os clientes de uma forma muito mais humana do que as próprias pessoas. Pelo fato de não usarmos o vocabulário direcionado aos nossos familiares e amigos no local de trabalho, acabamos utilizando um diálogo muito formal.

Com o objetivo de prestar um atendimento o mais humano possível, os bots lançam mão de palavras informais e isso faz com que o usuário sinta-se confortável durante a interação.

Essa tecnologia da Inteligência Artificial funciona bem para qualquer tipo de negócio. Isso porque ela tem capacidade de criar funções que o site esteja demandando, tais como:

  • vendas automáticas;

  • geração de leads;

  • ou, simplesmente, uma caixa de conversação para se comunicar com os clientes.

Qual é o papel dos chatbots na captura e conversão de leads em clientes?

Como vimos, a partir do momento que uma pessoa conversa com o bot da empresa, ele já tem capacidade para obter algumas informações importantes sobre ela. Assim, vamos direto ao ponto — o chatbot pode contatá-la imediatamente.

Portanto, se você ainda não compreendia como essa inovação pode ser importante para aumentar as vendas, acompanhe este post até o fim, pois mostraremos abaixo de que maneira usar os chatbots para melhorar a geração, qualificação e comunicação com os seus leads.

Na oferta de conteúdos

Já sabemos que conteúdos úteis e de boa qualidade direcionados a um público-alvo normalmente são ótimas iscas para atrair e converter leads, certo? O papel dos chatbots nessa história é o de aproveitar a abertura e as vantagens dos aplicativos de mensagens, como o Skype, o Telegram e, sobretudo, o Facebook Messenger.

Como o chatbot faz isso? Simples: ele envia esses conteúdos à sua base de “amigos”, ou seja, usuários que interagiram com o bot em algum momento. Dessa maneira, as pessoas não precisam ter o trabalho de acessar seu blog ou site para conferir as postagens mais recentes, o que torna a interação mais direta e pessoal.

Por exemplo, assim que seus seguidores baixarem um e-book, você pode criar um fluxo de envio de conteúdos para eles no chatbot a fim de que eles obtenham mais informações. Nesse fluxo, cada pessoa que acessar uma certa quantidade de conteúdos disparados pelo bot receberá uma oferta gratuita para fazer o download do e-book.

No cadastro de visitantes

É nesse momento que a conversão começa. Ela pode ser feita de duas maneiras para os seguidores:

  • por meio do direcionamento a uma landing page contendo um formulário para preenchimento dos dados necessários para fazer o download do material (a princípio, apenas nome e e-mail podem ser suficientes);

  • por meio da coleta de dados pelo bot dentro do próprio app de mensagem, que pode ser configurado para fazer algumas solicitações ou perguntas em um questionário simples antes de liberar um botão para download do e-book, como o pedido de nomes e e-mails dos seguidores.

Vale destacar que o segundo caminho é mais fácil e rápido para o público, uma vez que não há necessidade de ele sair do app para concluir a ação.

Para tirar dúvidas do cliente

Até pouco tempo, quando um cliente tinha dúvidas sobre determinado produto, era comum que ele procurasse primeiramente pela página de perguntas mais frequentes sobre o item. Entretanto, essa estratégia tornou-se obsoleta por causa de menus confusos, com muitas opções desnecessárias e, dessa forma, o usuário muitas vezes sentia-se frustrado por não achar a resposta que buscava.

Em outra ponta, a evolução da tecnologia, por meio dos chatbots, tem como foco principal a simplificação desse processo. Assim, o programa responde rapidamente às dúvidas dos clientes graças ao acesso ágil à base de dados e à verificação de quais são as questões mais recorrentes na plataforma.

Devido à enorme quantidade de informações na internet, é natural que as pessoas se sintam perdidas ao buscar a melhor saída para resolverem seus problemas. A verdade é que, na tentativa de oferecer seus produtos ou serviços, a marca — que também encara desafios ao guiar o visitante — acaba por não disponibilizar um suporte adequado ao potencial comprador.

Por fim, você tem a chance de aplicar essa mesma solução para atendimento por telefone e e-mail. Isso porque estamos falando de situações nas quais o cliente (ou lead) precisa aguardar uma resposta que pode demorar, e isso prejudica fatalmente a sua experiência com a marca.

Concluindo, a Inteligência Artificial disponibiliza recursos tão eficientes quanto os programas utilizados pelas grandes corporações. Essa ferramenta de chatbot viabiliza que as pequenas empresas ofereçam um serviço de atendimento tão bom quanto o dos seus concorrentes, o que faz aumentar as vendas e permite ao seu negócio uma competição de igual para igual no mercado.

Se você gostou dessas dicas, deseja saber mais sobre essa inovação e quer fazer parte do movimento #chatbotparatodos, entre em contato conosco!

Sobre o autor

Avatar

Qualitor

Share This