Kanban: visibilidade passo a passo que resulta em melhoria de processos

Criada na década de 50, na China, mas tornada conhecida por gigantes como a Toyota nos anos 70, o Kanban é uma das metodologias mais utilizadas até hoje para organização e gerenciamento de processos, projetos e documentos em empresas de todo o mundo.

Por quê? Porque funciona!

Este método, que consiste em utilizar cartões físicos ou digitais para organizar tarefas em etapas, permitindo acompanhar desde a ideia até a conclusão, passando por todas as fases de execução e aprovação de um projeto, torna mais produtivo o trabalho de equipes e gestores, otimizando tempo, orientando o caminho a ser seguido e contribuindo para o alcance de resultados satisfatórios.

Quando a Toyota adotou o Kanban, pensava em um conceito atrelado a sua estratégia “just in time”, que previa a construção, produção ou montagem do que quer que fosse somente no momento certo. Foi então que surgiu a questão: como identificar este momento? E a organização via Kanban veio como resposta, deixando evidentes os passos de cada projeto e ajudando a mostrar onde e quando era correto realizar cada tarefa.

Logo, o objetivo principal do sistema Kanban é a gestão. Dar controle, fomentar visibilidade, trazer organização que culmina em produtividade assertiva. E se isso não é essencial para os processos de uma empresa, nada mais é!

Afinal, nada mais assertivo do que poder acompanhar a exata fase em que cada processo está, bem como se há gargalos prejudicando o andamento, e de que forma estes gaps se manifestam: em algo ou alguém, e como podem ser solucionados.

O Kanban traz, ainda, incremento ao trabalho colaborativo. Uma vez que todos têm acesso ao acompanhamento das etapas realizadas por cada um, fica mais simples verificar onde está andando ou parado cada momento do processo ou projeto, agilizando a tomada de decisões, execução de ações ou mudanças, interferências e outros movimentos que sejam necessários para fazer a esteira andar, as tarefas serem realizadas e o projeto alcançar conclusão bem-sucedida.

Essencial notar que, ao longo de todo este processo, fica mais fácil evidenciar problemas, como morosidade, retrabalho, atraso e outros gaps. Isso tudo pode soar como uma falha no projeto em questão – e é mesmo! – mas a visibilidade que o Kanban traz contribui para que isto seja identificado, corrigido e eliminado.

Ou seja: o Kanban ajuda a encontrar problemas, definir e aplicar soluções e, por fim, ganhar eficiência e melhorar processos de forma contínua e perene.

Logo, você já percebeu: controle detalhado da produção não vale só para o ambiente industrial, certo? Dentro de um escritório, em um hospital, clínica, farmácia, loja, em qualquer tipo de empresa, e até mesmo no home office ele pode ser muito benéfico. Contar com informações sobre onde, quando, quanto e o que produzir a cada momento é fundamental para qualquer pessoa, qualquer companhia. Acertar nesta condução é ponto-chave do Kanban, que pode e deve ser aplicado e aproveitado por negócios de todos os ramos.

E na gestão de atendimento isso também é viável. O Qualitor oferece recursos de Kanban aplicados ao relacionamento com clientes internos e externos, contando com recursos para:

– Controles opcionais por tarefa, com previsão de término e de tempo gasto em cada uma, registro de atividades com time-tracking, painel de estatísticas de Kanban, incluindo tempo previsto e realizado e custo de mão-de-obra, suporte a TAGs e filtros, comentários em tarefas, histórico de tarefas e listas, distribuição de tarefas em lista de pendências, junto com chamados, notificações por e-mail aos administradores sobre tarefas iniciadas e encerradas, início de execução e reset de responsável (opcionais por lista), encerramento por lista, remoção opcional de tarefas canceladas de lista e configuração de arquivamento automático de tarefas encerradas por tempo.

É muito recurso para te ajudar a dar um UP na gestão de atendimento, ganhando visibilidade ampla, agilidade e produtividade nestes processos.

Conheça agora e bom Kanban para seus negócios!

Um caminho desafiador, pontuado por percalços e superações. Esta é a estrada para o sucesso, e é o que mostra o filme Something Ventured, que traz uma lição de empreendedorismo ao relatar as histórias de alguns pioneiros do Vale do Silício, incluindo investidores de companhias então iniciantes, e hoje gigantes, como Apple e Intel. Muito sobre gestão, muito sobre acreditar e investir, e muito sobre os riscos envolvidos em tudo isso. 

Lembra da história do João e o Pé de Feijão, em que grãos mágicos trazem fortuna à família? Pois é. A verdade é que os grãos têm poderes mesmo fora dos contos de fadas. Claro que não magicamente, mas é possível usá-los para melhorar muito sua saúde.

É o caso da linhaça, amaranto, chia, quinoa e gergelim. Todos estes grãos trazem benefícios ao organismo, como o controle do diabetes, limpeza das artérias com redução do colesterol ruim, melhoria do tráfego intestinal, combate aos radicais livres, aumento da oxigenação do metabolismo, fornecimento de vitaminas e minerais como ferro, cálcio, zinco, potássio, vitaminas do complexo B e E.

Invista nestas sementes, em uma média de uma colher de sopa ao dia, e sinta os benefícios em seu dia a dia.

O calor típico dos meses iniciais do ano pede refresco. E para te ajudar a se refrescar sem gastar muito em ar-condicionado, aqui vão algumas dicas:

– Hidrate-se muito bem, bebendo água, sucos, chás frios e ingerindo alimentos refrescantes, como melancia, laranja, limão e pepino. Vale também lançar mão dos picolés e sorvetes.

– Ao contrário do que muitos pensam, abrir as janelas para arejar a casa nem sempre é uma boa ideia. Quando está muito calor, o ar que entrará será quente. Então, melhor deixar janelas e cortinas fechadas, evitando que o calor externo aqueça ainda mais o ambiente.

– Se você tem em casa ou na empresa lâmpadas incandescentes, troque por lâmpadas brancas, ou de LED, que são consideradas “frias”. Além de serem mais econômicas e duráveis, também geram menos calor, contribuindo para um ambiente mais fresco.

– Umidifique os ambientes da casa. Você pode usar um umidificador ou truques caseiros, como espalhar recipientes com água fresca pelos cômodos ou colocar toalhas molhadas sobre encostos de cadeiras e portas de armários.

– Evite roupas escuras, pesadas e justas. Roupas mais leves, de tecidos como o algodão, ajudam na transpiração, evitando o aumento da sensação de calor.

Gostou? Aplique estas dicas e curta o verão sem sofrimento, nem gastos excessivos.

Share This
×