gamificação

Gamificação na educação corporativa: entenda melhor essa relação!

Educação corporativa é coisa séria, pois aumenta o alinhamento e motivação dos funcionários, além de subsidiar a construção de ótimas equipes. Entretanto, muitas vezes, é preciso fugir daquele modelo tradicional de treinamento — e aí entra a gamificação.

A palavra vem de game (em tradução para o português, jogo). Consiste na adoção de elementos lúdicos, de jogos, nos treinamentos e processos tradicionais, tendo por objetivo torná-los mais atraentes, dinâmicos e empolgantes. Isso gera muitos benefícios.

A seguir, ganhamos mais profundidade no assunto. Explicamos exatamente o significado de gamificação, as suas vantagens e como aproveitá-lo na empresa. Continue!

O que é gamificação e qual a sua aplicação?

Como dito, gamificação consiste na aplicação de elementos lúdicos — provenientes de jogos — em rotinas de trabalho. Assim, tudo se torna mais interessante. Isso pode ser feito com treinamentos tradicionais, bem como com processos de produção. Veja um exemplo: seus funcionários podem fazer uma maratona de treinamentos e acumular pontos relacionados à participação, assiduidade e aplicação prática do que foi aprendido. Ao terminar a maratona, os talentos mais bem ranqueados serão premiados.

Quais são as vantagens da aplicação da gamificação?

Há muitas vantagens ligadas ao assunto. Uma das mais importantes é a dinamização do treinamento, deixando-o bem menos monótono que o tradicional. Isso promove bem mais motivação e ânimo aos colaboradores, o que é essencial ao aprendizado.

Outro grande benefício está no senso de competitividade. Os funcionários são estimulados a competir, de forma saudável, para o alcance de resultados melhores e acúmulo de pontos, como em jogos tradicionais. Veja, agora, mais algumas vantagens interessantes:

  • deixa o treinamento mais atraente;
  • oferece um modelo de desenvolvimento fora do lugar-comum;
  • desperta a criatividade dos funcionários;
  • aumenta o nível de satisfação interna;
  • agrega mais produtividade aos talentos e às equipes;
  • melhora a marca empregadora do empreendimento.

Todos esses benefícios, juntos, resultam algo maior: o efetivo crescimento da equipe. Na medida em que os colaboradores se tornam mais habilidosos e motivados, graças a todo o treinamento gamificado, a equipe de trabalho pode melhorar e entregar mais resultados.

Como implementar a gamificação?

A gamificação na educação corporativa depende, sobretudo, de criatividade. É preciso refletir sobre como programas tradicionais de ensino empresarial podem ser transformados em algo mais descontraído e vivo. Portanto, não existe uma receita pronta.

Mesmo assim, muitas coisas podem ajudar. Há uma estrutura mínima que aproxima seu ensino aos jogos. A seguir, pontuamos alguns desses principais elementos lúdicos:

  • tenha um objetivo a ser conquistado;
  • defina como os funcionários podem acumular pontos;
  • crie um ranking com os melhores colocados;
  • defina recompensas atraentes aos campeões;
  • lembre de que, no fim das contas, toda vitória é coletiva.

Ao longo da educação corporativa gamificada, esteja perto do funcionário para eliminar eventuais dúvidas, facilitar a comunicação e monitorar o progresso obtido.

Veja que agora você está por dentro do assunto, sabe o que é gamificação na educação corporativa, os seus benefícios e como dar os primeiros passos. Não deixe de considerar que tudo isso gera vantagens tanto para a sua equipe quanto para os seus funcionários e equipes.

Gostou do nosso artigo? Aproveite para entrar em contato conosco e descobrir muito mais sobre as nossas soluções. Vamos lá!

Share This
×