Como gerir o trabalho híbrido com agilidade e eficácia

As mudanças trazidas ao mercado pelas necessidades dos últimos anos, incluindo o período pandêmico, resultaram em um crescimento exponencial da adoção do trabalho remoto ou híbrido. Em todo o mundo, cerca de 68% das empresas aderiram a estes modelos mesmo após a fase mais crítica da pandemia e, só no Brasil, 36% pretendem mantê-lo como padrão, segundo a PwC.

Para gerenciar pontos fundamentais nestes modelos, como a distribuição e controle de chamados no atendimento aos públicos interno e externo, bem como a carga de trabalho dos atendentes e o relacionamento multicanal, que passa pelas interfaces mobile e chatbots, a tecnologia é uma verdadeira mão na roda, e pensando nisso o Qualitor conta, desde sua versão 8.20, com aprimoramentos em todos estes campos.

Nossa plataforma para gestão de atendimento, serviços e processos de negócio traz recursos pelos quais as demandas das equipes de atendimento podem ser gerenciadas, como a distribuição de chamados e tarefas, controle de backlog, gestão de entregas, andamento de tarefas, ações de etapas de processos e chamados por pessoa ou por equipe.

Também estão inclusas features para realização de simulações que permitem aos gestores ter uma melhor visibilidade do ambiente de atendimento, distribuindo o trabalho de forma a obter mais produtividade e ganho de tempo.

Na Análise de Carga, os recursos do Qualitor 8.20 facilitam o estabelecimento de prioridades e a organização de filas de atendimento, rendendo um planejamento de carga mais eficaz. Em outras palavras, nada de sobrecarga!

A plataforma também permite verificar informações sobre a ocupação e o tamanho dos times, tipo de trabalho realizado por cada atendente, tempo previsto x tempo gasto em cada ação, tarefas que consomem menos e mais recursos, provendo subsídios para avaliações que melhoram a distribuição e a realização do trabalho no modelo híbrido.

Análise de esforço realizado X planejado também é possível com o Qualitor 8.20, e para isso o sistema traz recursos como pesquisa com alertas em cores baseadas em condições pré-definidas, gráficos de tendências e indicadores operacionais e estratégicos, que facilitam aos gestores acompanhar, em tempo real, o trabalho de atendentes e equipes.

E como não dá para pensar em trabalho híbrido sem falar em colaboração, o Qualitor 8.20 também traz integração com uma das ferramentas de comunicação corporativa mais utilizadas globalmente, o Microsoft Teams. Além disso, também é integrado ao Whatsapp, permitindo a interação com clientes via chatbot sem necessidade de programação.

Atualizações na interface mobile também agregam melhorias às empresas no trabalho híbrido, tornando mais ágil a visualização, gestão, decisão e trabalho a partir de qualquer lugar onde o colaborador ou o gestor se encontrem.

Sem esquecer que, é claro, todos estes recursos e outros tantos que o Qualitor 8.20 agrega para gestão dos modelos de trabalho e negócios atuais estão em linha com as exigências da LGPD, incluindo funcionalidades para exportação dos dados e atendimentos, assinatura e revogação de termos de aceite e anonimização de informações.

Precisa gerir atendimento em formato híbrido? Pode contar com o Qualitor 8.20!

Sabia que o modelo de trabalho distribuído, que se baseia em colaboradores divididos entre a sede da empresa, suas filiais e variáveis como home office, coworkings e outras, já é considerado ideal por 84% das pessoas? O dado é de uma pesquisa do Business Insider, e também indica que, para 80% dos entrevistados, este formato de atuação melhora não somente sua produtividade, mas também sua vida pessoal.

Com isso, o trabalho distribuído se mostra uma boa opção para empresas em crescimento, que querem expandir sem fazer grandes investimentos em escritórios locais, além de trazer benefícios para organizações já implementadas e/ou tradicionais, trazendo frescor à cultura interna e agregando novos hábitos que evoluem a gestão para as demandas do mercado atual.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Muito conhecida entre o público vegano, a soja oferece benefícios que deveriam tornar seu consumo muito maior. Um deles, a riqueza em proteína vegetal, que ajuda na redução dos níveis do colesterol ruim (LDL) e na manutenção da saúde dos ossos.

A soja também contém fibras que melhoram a função intestinal e ômegas 3 e 6, cálcio, cobre, ferro, fósforo e zinco, além de vitaminas do complexo B, que ajudam o organismo a se manter nutrido e prevenir doenças.

O consumo deste grão pode ser de diversas formas: leite de soja puro ou batido com frutas, tofu, carne de soja, farinha de soja e composições, como o uso da proteína em hambúrgueres e saladas.

Assim como o corpo, o cérebro também precisa de descanso, o que é fundamental para que ele execute suas funções da melhor maneira.

O contrário disso pode levar ao esgotamento mental e a problemas como sono desregulado, dores musculares, enxaqueca, alterações de humor, entre muitos outros.

Para relaxar a mente, aposte em manter uma boa rotina de sono, com horários e hábitos costumeiros que auxiliem a mente a liberar hormônios como cortisol e adrenalina, faça exercícios como palavras-cruzadas ou jogos que exijam raciocínio, pratique exercícios físicos regularmente e mantenha uma alimentação balanceada, contendo verduras, legumes, frutas, proteínas e carboidratos de boa qualidade.

Evil Robots, Killer Computers, and Other Myths: The Truth About AI and the Future of Humanity

A Inteligência Artificial vai substituir o trabalho humano? Não, claro que não. A resposta, muito detalhada e aprofundada, está neste livro, escrito pelo pesquisador e investidor de IA, Steve Shwartz.

Para ele, os humanos não precisam temer os robôs, já que estes não irão assumir controle ou tomar seus empregos, mas sim auxiliar em tarefas nos setores mais diversos.

Na obra, ele trabalha o funcionamento interno de variadas tecnologias de IA, como reconhecimento facial, carros autônomos e chatbots, áreas essenciais para adoção de leis e políticas focadas no uso da IA e como este tipo de inteligência não evoluirá para o que já foi retratado sobre isso na ficção científica.

Share This
×