Dicas

4 recomendações para implantar um centro de serviços compartilhados com sucesso

4-recomendacoes-para-implantar-um-centro-de-servicos-compartilhados-com-sucesso.jpeg
Escrito por Qualitor

O centro de serviços compartilhados é uma solução conveniente para melhorar a atuação da empresa. Ele oferece a padronização e a integração de processos operacionais, como o financeiro, o RH, o setor de TI e assim por diante.

Seus resultados são convenientes para o empreendimento, mas sua implementação pode trazer alguns problemas, se não for realizada da maneira correta e estratégica. Para evitar dificuldades, portanto, é fundamental saber o que fazer nesse sentido.

A seguir, você conhecerá 4 recomendações para implementar o CSC com sucesso. Confira!

1. Entenda o fluxo de processos

Como o centro de serviços compartilhados tem a ver com a centralização de várias etapas operacionais do negócio, é fundamental fazer uma análise de quais questões serão centralizadas.

Assim, o ideal é entender como acontece o fluxo de processos, compreendendo como eles se relacionam e quais são seus impactos no negócio. A ideia é analisar, por exemplo, quem são os clientes internos de cada etapa, quais são as questões cruciais e como pode ocorrer a padronização desse fluxo.

Isso dará visibilidade e permitirá o mapeamento de todo o processo, garantindo que tudo tenha maiores chances de sucesso.

2. Faça uma gestão de riscos sobre o centro de serviços compartilhados

Também é importante fazer uma gestão de riscos. Isso porque a mudança no panorama interno da empresa pode causar efeitos que, nem sempre, são conforme o esperado.

O melhor é realizar uma análise prévia, considerando todas as possibilidades. A ideia é identificar, por exemplo, o que pode decorrer dessa mudança e quais serão os possíveis impactos no empreendimento.

Essa questão é fundamental para criar planos de contenção e rotas alternativas, a fim de evitar problemas operacionais diversos.

3. Formule um plano de gestão da mudança

Depois de fazer essa análise, é o momento de planejar como a mudança acontecerá, de fato. É preciso pensar, por exemplo, em quais serão os processos padronizados e como serão as ações nesse sentido.

Também vale estabelecer questões como a realização de pesquisas de satisfação interna e quais resultados devem ser obtidos. Para que tudo aconteça de forma estruturada, vale a pena definir prazos e responsáveis, realizando o processo de maneira contínua e eficiente.

É fundamental que a gestão da mudança seja realizada de um jeito muito estruturado, pois isso impede que o empreendimento sofra com os efeitos negativos de uma atuação pouco objetiva e sem consistência.

4. Estabeleça uma forte liderança para o projeto

Implantar um centro de serviços compartilhados é uma tarefa crucial para o negócio. Se tudo for feito corretamente, há diminuição nos custos, aumento na eficiência e elevação da competitividade. Contudo, a realização inadequada gera efeitos que podem ser catastróficos.

Para que a gestão da mudança seja seguida corretamente, portanto, é fundamental ter uma liderança forte e preparada. Assim, determine os responsáveis certos pelo processo, garantindo que ele aconteça mediante o apoio de líderes fortes.

A implementação de serviços compartilhados exige análise e gestão de riscos, além de um ótimo planejamento. Ao seguir esses passos, a etapa acontece com maior facilidade, gerando ótimos efeitos.

Não fique de fora de nenhuma novidade! Siga-nos no Facebook e no LinkedIn e esteja sempre atualizado.

Sobre o autor

Qualitor

Deixar comentário.

Share This